3 ERROS COMUNS NA TRANSIÇÃO VEG

Nenhuma transição é fácil, a não ser que você tenha alguém que te ajude logo no começo, alguém que te mostre cada passo que você precisa dar. Quando isso não acontece, geralmente a gente acaba errando várias vezes, até finalmente aprender.

Oi, tudo bem? Aqui é a Patrícia da Central Veg. No começo do meu caminho Veg (há mais de 15 anos), eu ainda não era nutricionista e também não cheguei a ter alguém para eu me inspirar e nem para me mostrar o caminho certo, então, adivinha… eu acabei errando várias vezes. Mas, hoje eu já consigo ver que esses erros foram bem importantes para mim, porque juntos eles me ensinaram muitas coisas.

O que eu posso te dizer é que um dos aprendizados mais importantes que eu tive com essa mudança na minha alimentação foi de nunca mais deixar a minha saúde de lado. E isso porque quando a saúde fica ruim, a vida toda acaba sendo impactada … não tem jeito! Então, para que você não precise cometer os mesmos erros que eu cometi no passado, decidi falar sobre 3 deles aqui. Espero que possam te ajudar de alguma forma, favorecendo a sua transição Veg e favorecendo a sua saúde também! 🙂

Então, é isso! Tenha sempre cuidado com as substituições (troque a carne preferencialmente pelo grupo das leguminosas), priorize diariamente o consumo de alimentos naturais (evite ao máximo o consumo principalmente dos produtos ultraprocessados) e faça sempre refeições variadas e coloridas. Tomando esses cuidados, o seu Caminho Veg ficará livre, pelo menos, desses 3 erros que eu cometi no passado e a sua saúde com certeza vai te agradecer! 🌱🙂

2 comentários em “3 ERROS COMUNS NA TRANSIÇÃO VEG

    1. Oi, Jonas. Tudo bem? Quando a gente passa a incluir diariamente fontes vegetais com boas quantidades de cálcio, fica mais fácil atingir os 1000mg de cálcio por dia e isso sem precisar de quantidades enormes de vegetais. Vou te dar alguns exemplos de valores aproximados de cálcio em alguns alimentos, tá?

      – 4 ramos de brócolis cozido: 120mg
      – 5 colheres (sopa) de couve refogada: 177mg
      – 2 fatias de pão de forma integral: 66mg
      – 1 colher (sopa) de tahine (pasta de gergelim): 65mg
      – 1 colher (sopa) de semente de gergelim (com casca): 83mg
      – 2 colheres (sopa) de semente de linhaça: 50mg
      – 2 fatias médias de tofu: 80mg
      – 1 laranja lima: 56mg
      – 1 fatia de mamão formosa: 43mg

      Esses exemplos de alimentos que podem ser distribuídos em várias refeições, ao longo do dia, ultrapassam 700mg de cálcio e com a vantagem de serem fontes ricas em vários outros nutrientes também. Quando a gente coloca no papel todos os alimentos consumidos numa dieta Veg equilibrada, aí o total de cálcio pode ultrapassar tranquilamente os 1000mg. E isso acontece de forma mais rápida ainda se forem consideradas opções fortificadas com cálcio, como as bebidas vegetais (em 1 copo com 200ml geralmente há cerca de 240mg de cálcio). Espero ter clareado a sua dúvida de alguma forma. : )

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um novo site no WordPress.com
Comece agora
%d blogueiros gostam disto: